8 razões que podem levar o processo de transformação digital a falhar

6 minutos para ler

A tecnologia modifica constantemente as interações existentes na sociedade. Com uma gama enorme de aplicações disponíveis no mercado, o setor empresarial compreende cada vez mais a necessidade de deixar de lado os processos analógicos para utilizar mecanismos inovadores que possam otimizar suas operações. Para isso, o processo de transformação digital é a maneira de solidificar seu negócio no mercado e fazer frente à concorrência.

Contudo, nessa jornada, pode haver vários imprevistos e falhas que são capazes de deteriorar uma empresa, caso esse processo não seja realizado de forma correta. Assim, para que você saiba por que a transformação digital pode não ter o sucesso esperado, preparamos este texto. Veja o que pode acarretar esse tipo de situação e como evitá-la!

1. Faltar o planejamento necessário

Com o processo de transformação digital se tornando uma necessidade e uma realidade nas empresas, notadamente em alguns segmentos como o setor de inovação e o mercado financeiro, diversas organizações iniciam esse processo sem contar com um planejamento coerente. Isso pelo fato de que a concorrência também está nessa corrida, e isso gera uma sensação de urgência para os gestores.

Essa falta de metas e delimitações pode provocar consequências graves para o negócio. Por isso, antes de pensar em implementar qualquer nova tecnologia, coloque em prática um planejamento eficiente, levando em conta critérios de avaliação, prazos e expectativas, além de ter a ciência de como isso pode impactar a realidade da empresa e de sua equipe.

2. Utilizar o processo de transformação digital como mera atualização tecnológica

Caso uma empresa tenha iniciado o processo de mudança considerando que isso se resume apenas à inserção de novas tecnologias, provavelmente haverá problemas e falhas nas mudanças almejadas.

Se os investimentos estão sendo aplicados somente para as equipes de TI e estão deixando de lado os demais segmentos, especialmente os de negócio, a companhia não está implementando corretamente os processos de transformação digital. Além disso, é fundamental inteirar todos os funcionários e focar esse processo no que seus clientes desejam.

3. Não ter profissionais adequados ou apoio especializado

Caso a decisão de começar o processo de transformação digital seja apenas voltada aos negócios, sem levar em conta as habilidades dos seus colaboradores, provavelmente os resultados não serão satisfatórios.

A contratação de talentos com conhecimento específico nas tecnologias a serem empregadas pode ser um obstáculo a ser superado pela empresa. É fundamental se organizar antes de começar com essa modificação, pois a capacitação de sua equipe é muito importante.

Se essa for a situação da sua empresa, a contratação de parceiros especializados em transformação digital pode ser uma excelente opção, pois eles são capazes de suprir essas demandas rapidamente, fazendo com que haja uma melhor experiência e entrega.

4. Faltar comprometimento por parte do CEO

A falta de estratégia de transformação digital por parte dos executivos de uma empresa é um dos grandes problemas de falhas nesse processo. Isso demonstra que, para alcançar o potencial digital, é essencial o estabelecimento de métodos eficazes por parte do CEO. Alguns especialistas afirmam que esse processo de mudança faz parte tanto de alterações tecnológicas como da postura da liderança, dos talentos e da cultura organizacional.

5. Ter dúvidas de direcionamento

Grande parte dos negócios começa o processo de transformação digital após enfrentar problemas financeiros e pressões do conselho e da concorrência. Mesmo assim, a maioria dos líderes não compreende por onde iniciar a digitalização ou como fazer isso se tornar uma realidade. Essas dúvidas podem criar inércia ou facilitar que os gestores tomem decisões erradas.

6. Não contar com uma cultura organizacional eficiente

O engajamento das suas equipes é essencial para o declínio ou a aceitação de novos processos. Se os seus funcionários estiverem acostumados com estratégias mais antiquadas e, no momento da implementação de novas tecnologias, a companhia não considerar a construção de uma experiência positiva dos novos recursos, levando em conta as contribuições dos principais afetados por essas modificações, que são os usuários finais, provavelmente sua empresa vai falhar.

Ao não inteirar os colaboradores da estratégia de alteração nem oferecer a capacitação adequada, os resultados pretendidos por meio da transformação digital na sua empresa não serão alcançados. Assim, as demais equipes, além do TI, precisam estar por dentro e comprar essa ideia com os gestores.

7. Acreditar que o processo acaba

O processo de transformação digital não apresenta um fim em si mesmo, mas um novo mindset para as empresas. Isso quer dizer que não há uma previsão para finalizar a implementação desse método, pois ele sempre estará em constante modificação.

É necessário aceitar que esse é o novo paradigma para os negócios e que ele deve ser regulado de acordo com as necessidades dos consumidores e da organização, levando em consideração também os avanços tecnológicos, de modo a continuar a modificar e otimizar suas operações, tudo de maneira eficaz e rápida.

8. Contar com uma arquitetura digital ineficiente para a transformação digital

Quando se trata de otimização digital para software, é comum a acessibilidade omnichannel, que disponibiliza aos usuários finais a possibilidade de interagir com o programa em qualquer canal.

Seja web, móvel ou em qualquer outro lugar, a obtenção desse estado omnicanal almejado normalmente se resume a contar com excelentes APIs como base para a arquitetura do aplicativo.

Conseguir a arquitetura correta em seu devido lugar tem se mostrado complicado para grande parte das empresas, uma vez que elas ainda precisam construir APIs para seus softwares. Em vez disso, elas contam com ferramentas monolíticas que são executadas em uma base de código gigantesca.

Assim, com esse modelo de configuração, a solução deve continuar em um padrão de versão estrita, já que uma modificação em um setor pode facilmente quebrar algo em outro segmento da base de código compartilhado.

Enfim, o processo de transformação digital nas empresas não acontece da noite para o dia. É preciso que os gestores tenham paciência e, principalmente, adotem os métodos mais eficientes para que o negócio consiga atingir o patamar desejado e possa fazer frente à concorrência. Esse mercado está em constante ascensão, e você deve promover essa alteração considerando também a mudança da cultura organizacional da sua empresa.

E aí, gostou deste texto? Deixe um comentário no post com suas dúvidas e impressões!

Posts relacionados

Deixe um comentário