Ferramentas desenvolvedor: conheça as 8 principais para a profissão

6 minutos para ler

A área de desenvolvimento tem crescido bastante e não vai faltar oportunidade de novos trabalhos para esse setor. Por isso, é fundamental conhecer algumas ferramentas que poderão otimizar o seu dia a dia.

A escolha correta permite garantir maior produtividade, redução de erros, sinergia com outros profissionais, entre uma série de outros benefícios. E, para isso, você deverá conhecer mais sobre as melhores opções existentes no mercado. 

Confira, portanto, quais são as 8 principais ferramentas para desenvolvedores que você não pode deixar de adotar no seu dia a dia. Boa leitura! 

1. IDEs

Os IDEs (Integrated Development Environment) são os Ambientes de Desenvolvimento Integrado, que permitem ao desenvolvedor realizar suas atividades sem precisar intercalar entre diversas aplicações. Afinal, sabemos que nessa transitoriedade algumas questões podem se perder prejudicando o desenvolvimento. 

Essa ferramenta engloba funções importantes, entre elas: 

  • editor de texto que permite a edição do código-fonte; 
  • compilador; 
  • depurador; 
  • construtor de Graphical User Interface (GUI). 

Normalmente, os IDEs são utilizados por profissionais mais experientes, porque demandam conhecimento apurado, em todas as funções que vimos acima, para poder utilizá-los de forma integrada. Para um iniciante que precisa apenas editar um código, pode ser mais interessante contar com um editor. 

E para quem está se especializando na área e deseja ter maior sucesso e evitar falhas que comprometam o desenvolvimento da solução, pode ser a melhor opção. Aqui estamos dando recomendações, mas a decisão de utilizar o IDEs ou soluções separadas dependerá de cada profissional. 

O Amazon AWS Cloud9 é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) que utiliza o ambiente cloud para seu funcionamento. Ele permite uma série de funções para além da edição de texto, bem como tem o diferencial da configuração robusta que a Amazon, uma das gigantes de tecnologia presentes no mercado atualmente, bem como também é bastante intuitivo de trabalhar em seu workspace.

Ele possui pré-configuração com todos os SDKs, bibliotecas e plug-ins necessários, de forma que você consegue realizar os processos já com dados de partida, agilizando as ações.

2. Amazon AWS Cloud9

A Amazon AWS Cloud9 é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) que utiliza o ambiente cloud para seu funcionamento. Ele permite uma série de funções para além da edição de texto, bem como o diferencial da configuração robusta que a Amazon possui, uma das gigantes de tecnologia presentes no mercado atualmente. O seu workspace também é bastante intuitivo de trabalhar. 

Ele possui pré-configuração com todos os SDKs, bibliotecas e plug-ins necessários, de forma que você consegue realizar os processos já com dados de partida, agilizando as ações.

3. Webpack

O Webpack é um empacotador (bundler) que ajuda a empacotar módulos de JavaScript, mas não só eles, sabia? Também pode ser utilizado para outros formatos de scripts, entre eles:

  • TypeScript;
  • JSX;
  • arquivos CSS;
  • formatos Less;
  • formatos SCSS;

O arquivo gerado por meio do empacotador permite que ele se torne mais leve e, assim, otimize o carregamento da página, automatizando a performance do site ou solução.

4. Terminal de linha de comando

O terminal de linha de comando (também conhecido como prompt) permite realizar uma série de tarefas sem precisar utilizar mouse para essas situações. Com ele, você pode utilizar aplicação de texto para manipulação de arquivos e gerar comandos importantes. 

Ele ainda é fundamental para os desenvolvedores, principalmente, por ser muito leve e fácil de ser utilizado no dia a dia, permitindo também unir programas diferentes para trabalharem juntos. 

Algumas das principais ferramentas de terminal de linha de comando que os devs utilizam no dia a dia são: 

  • CMS (Command Line Prompt – processador de comandos do Windows); 
  • Powershell (focado para Windows); 
  • Bash (focado para Linux); 
  • Terminal (focado para Mac)

5. Front-end frameworks

Também podem ser conhecidos como CSS frameworks, eles auxiliam trazendo pacotes de códigos pré-estabelecidos e padronizados, servindo de base para o desenvolvimento. A partir disso, o desenvolvedor pode editar algumas questões importantes para o produto específico e, também, modificar o design final.

Normalmente são compostos dos seguintes elementos:

  • Layout em grid para melhor visualização de questões de design;
  • Estilos de fonte pré-definidos que podem ser customizados;
  • Elementos prontos do site (painéis, botões, barras de navegação, entre outros).

6. Versionador de código-fonte

Esse é um ponto fundamental que todo dev precisa saber operar, principalmente, para ter as versões do código disponíveis e acompanhar o histórico da evollução. Isso é importante porque você pode substituir determinados arquivos importantes e, com isso, prejudicar o projeto e ser preciso retomar um passo anterior.

Outro ponto importante para o uso dos versionadores é que eles são fundamentais quando você trabalha em equipe, facilitando as trocas de informações no dia a dia e acompanhar os demais, ainda mais quando falamos em questões de trabalho remoto.

Hoje temos diversos versionadores de código no mercado. Estão entre eles:

  • GitHub;
  • Visual Studio Online;
  • BitBucket

7. Docker

Essa solução permite que os profissionais de desenvolvimento consigam separar processos em containers, o que permite realizarem suas atividades com maior independência. 

Além disso, nos casos de trabalhos em equipe ou ainda, quando estamos falando de atividades em uma comunidade open source, esse tipo de modelo de trabalho é muito mais eficiente, tornando o desenvolvimento mais seguro.

O Docker é indicado, principalmente, em casos nos quais é necessário fazer o gerenciamento de itens dentro de apenas um container. Se o mesmo projeto usa mais de um container, é possível utilizar outras soluções para isso. 

8. Slack

PPara além das questões mais diretas com o desenvolvimento, é importante também que você busque ferramentas que ajudem na comunicação entre os times. Afinal, devs nunca atuam sozinhos e precisam manter contato com outras pessoas envolvidas, seja dos times de operações, clientes do projeto, entre outros.

Atualmente, o Slack é uma das principais ferramentas de comunicação utilizada por uma série de benefícios. Estão entre eles destacam-se: 

  • Integração com outras soluções (como Dropbox, Asana, Twitter, Zendesk, entre outros); 
  • Centralização das comunicações com os times; 
  • Uso de plugins; 
  • Possibilidade de uso por meio de apps móveis; 
  • Permite ter maior atenção para os detalhes da comunicação. 

Essas 8 ferramentas para desenvolvedores podem ser fundamentais para suas ações no dia a dia, agilizando processos, permitindo a realização de funções importantes, garantindo melhor comunicação entre os times, entre outros pontos fundamentais. 

Por isso, não deixe de trazê-las e testá-las no seu dia a dia. Com isso, você poderá ter maior sucesso nas suas funções e se destacar. 

Gostou desta dica? Visite o nosso perfil no LinkedIn e conheça outros conteúdos incríveis focados para os profissionais de tecnologia.

Posts relacionados

Deixe um comentário