Escalabilidade: o segredo do sucesso nos negócios

7 minutos para ler

Há negócios que são criados e adquirem potencial elevado de expansão. A escalabilidade está diretamente relacionada às possibilidades de crescimento exponencial de uma empresa e ao aumento das atividades produtivas sem a elevação dos custos. Ela serve como um índice que mostra aos empreendedores e aos investidores anjos as oportunidades advindas de novos empreendimentos.

Neste artigo, vamos explicar o que é escalabilidade e qual a sua importância em um negócio. Além disso, vamos falar sobre o que é possível escalar em uma empresa e quando essa escala é, de fato, a opção correta a ser feita. Aqui, você ainda vai encontrar exemplos de organizações que escalaram e descobrir detalhes sobre diversos temas afins.

Deseja saber mais sobre os segredos do sucesso nos negócios? Acompanhe a leitura!

Saiba o que é escalabilidade

Escalabilidade é um termo referente à produção de bens ou serviços em larga escala, porém, com custos reduzidos para obter a ampliação dos ganhos. O conceito, portanto, está intimamente ligado à criação e à manutenção de negócios com elevado potencial de crescimento e de obtenção de lucros sem o aumento respectivo das despesas. 

Sendo assim, uma empresa escalável é aquela que multiplica rapidamente as suas ações, atingindo um grande número de consumidores sem exigir elevação de investimentos financeiros. Esse modelo de negócio é replicado sem a injeção de recursos extras devido ao desenvolvimento do empreendimento, ou seja, ele produz sempre mais sem necessidade de modificar a estrutura com os custos iniciais. 

Um negócio escalável inicia com um determinado valor de gastos e gera certo faturamento. No entanto, depois de um tempo, esse faturamento começa a aumentar, mas aqueles gastos permanecem idênticos ou as suas alterações são mínimas. Isso faz parte do significado de escalabilidade, o qual, não é uma característica dos negócios tradicionais. 

Entenda a importância da escalabilidade em um negócio

A escalabilidade é muito importante para a criação de operações mais produtivas e para o fornecimento de atendimento inteligente aos clientes com a entrega de valor. Esses aspectos geram excelentes resultados para os empreendimentos e os seus investidores, assim como o retorno dos investimentos iniciais realizados pelo empreendedor no começo das operações. Observe abaixo outros benefícios! 

Custo operacional reduzido

O custo operacional de um negócio escalável é baixo e pode ser ampliado sem tornar o investimento inviável. Com isso, há uma vantagem estratégica para o empreendedor que identificou uma oportunidade no mercado e deve agir com rapidez, sem depender de financiamentos bancários ou descapitalizações. A estrutura e os custos enxutos permitem a realização de mudanças na organização. 

A alteração do posicionamento também é mais ágil com o atendimento de necessidades advindas de uma dinâmica nova do mercado. Por outro lado, a empresa escalável consegue se regularizar para atender novas exigências legais com muita rapidez e eficiência. Diante disso, ela ganha competitividade e enfrenta uma concorrência reduzida. .

Eficiência operacional

As falhas e os gargalos operacionais são mitigados no caso das empresas escaláveis, visto que há uma redução no nível de personalização do atendimento, para que um número maior de consumidores seja atingido. O empreendimento conta com eficiência operacional pois é aplicado a automação e a padronização de várias etapas para reduzir a insatisfação e os prejuízos aos clientes. .

Aumento do valor de mercado

As empresas escaláveis conseguem transformar os seus negócios em franquias e podem procurar investimentos externos ou abrir as suas ações na bolsa de valores para acelerar a expansão. A gestão inovadora faz com que o valor do empreendimento no mercado seja maior para o recebimento de aportes de qualidade. As chances de sucesso são enormes. 

Os investidores também analisam a escalabilidade dos negócios, tanto os denominados de anjos, quanto os outros operadores do mercado e fundos de investimentos. As startups escaláveis estão sempre na mira desses especialistas, que fazem avaliações sobre as vantagens financeiras que poderão ser obtidas dentro de algum tempo. Eles buscam investir em empresas altamente lucrativas, as quais também ganham recebendo recursos

Descubra o que é possível escalar em uma empresa

A organização pode escalar parte do seu processo e lidar com as consequências da expansão nos outros setores. Por isso, a promoção da escalabilidade de um setor não é realizada de forma isolada, e as ações consideram a capacidade de atender aos clientes, de produzir, gerar, armazenar e fazer análises de dados.

O serviço ou produto principal pode ser escalado, por exemplo, uma empresa que oferece a assinatura de conteúdo ou vídeos que podem ser distribuídos em larga escala por meio de um aplicativo baixado no celular. Os negócios digitais que envolvem plataformas virtuais ou marketplaces também são escaláveis devido à sua inteligência logística. 

Algumas startups oferecem soluções financeiras que reduzem custos de gestão e eliminam taxas de cartão de crédito por meio do fornecimento de um pacote de funcionalidades. Esse produto é mais acessível do que os convencionais e atende as necessidades dos clientes. A capacidade produtiva pode ser escalada com a automatização e a utilização de ferramentas de integração, centralização e gestão de dados.

Confira quando a escala é de fato a opção correta

A escala é a opção certa quando o gestor verifica a maturidade do negócio, percebe que os recursos financeiros estão fluindo e que há uma reserva de valores para investir durante a adaptação. Além do mais, ele deve verificar em quais processos há chance de inovar sem aumentar os custos e perceber se o nível de satisfação dos consumidores com os bens produzidos está elevado

Compreenda que tipos de empresas costumam escalar

As empresas que costumam escalar são relacionadas à disponibilização de produtos digitais e serviços de massa fáceis de usar, criados por meio de investimentos em tecnologia, capacitação de pessoas, estratégias de marketing, cloud computing, website, entre outros. Elas contam com estruturação estratégica, planejamento estratégico e entrega dos bens com grande velocidade.

Conheça um exemplo de empresa que escalou

A Amazon eliminou os custos de suas lojas físicas comuns e aumentou a sua produtividade , o número de vendas e ganhou escalabilidade. Hoje essa empresa disponibiliza uma infinidade de produtos, mas não precisa mais comprá-los e estocá-los. Ela encontra parceiros que desejam vender por meio de seu site e se torna responsável por atender os prazos das entregas.

Aprenda como escalar um negócio

Um empreendedor inovador, criativo e dinâmico pode criar um modelo de empreendimento escalável. Para isso, será necessário enfrentar o desafio de mapear os processos do negócio e identificar oportunidades, forças, fraquezas e ameaças no mercado. Depois disso, é preciso considerar as possibilidades de terceirização de etapas, para que elas sejam realizadas por profissionais especializados. 

A seguir, pode-se criar um sistema de franquias para que o negócio cresça rapidamente sem elevar os custos. Consequentemente, será necessário investir em treinamentos, aquisição de conhecimentos e autonomia dos colaboradores e parceiros. Os investimentos em tecnologia também são indispensáveis para promover a escalabilidade do negócio. 

Enfim, agora você já sabe o que é escalabilidade e entende o segredo do sucesso nos negócios! Seja criativo ao visualizar oportunidades e inicie elaborando um plano de negócios antes de dar início às operações da empresa. Esse modelo precisará ser validado por meio da aplicação de estratégias escaláveis. Utilize as inovações tecnológicas disponíveis no mercado.

Ficou com dúvidas sobre o assunto? Deixe o seu comentário para que a nossa equipe especializada consiga ajudá-lo!

Posts relacionados

Deixe um comentário